dedo em gatilho

..........Dedo em gatilho, ou tenossinovite estenosante, é uma condição dolorosa em que um dedo apresenta travamento ao realizar seus movimentos de flexão e extensão. Os tendões flexores dos dedos, que estão situados na face palmar da mão, deslizam sob um túnel formado por diversas polias. Quando existe uma inflamação com espessamento da primeira polia do túnel, associada à formação de uma nodulação no tendão, este ficará travado ao atravessar a polia, e haverá um estalido do dedo facilmente perceptível pelo paciente. Por associação com os movimentos envolvidos durante o manejo de uma arma de fogo, essa tenossinovite (inflamação do tendão e da bainha sinovial) é conhecida como “dedo em gatilho”.

  dedo em gatilho - cirurgia da mão  

..........Essa condição é considerada como degenerativa, ou seja, secundária a um desgaste das estruturas envolvidas. Os diabéticos e os indivíduos com artrite reumatóide apresentam maior tendência a desenvolvê-la, porém é extremamente frequente na população em geral, principalmente após os 40 anos.

..........Nas fases iniciais, ocorre dor na região palmar da mão, na base do dedo, correspondendo ao ponto da inflamação. A seguir, começa a ocorrer o sintoma mais típico, que é o travamento, inicialmente ao despertar ou durante a noite. Nas fases tardias, o bloqueio ao deslizamento do tendão pode ser tão intenso que o dedo deixa de realizar a flexão (permanece somente estendido) ou a extensão (permanecendo somente dobrado).


..........O objetivo do tratamento é fazer com que o tendão volte a deslizar livremente, eliminando o travamento do dedo. Nas fases iniciais, as medidas anti-inflamatórias locais ou medicamentosas podem ser bem-sucedidas, porém geralmente nas fases mais avançadas é necessário um procedimento cirúrgico sob anestesia local, em que a polia é aberta, eliminando-se o bloqueio ao deslizamento livre do tendão.